Jardinagem com folhagem escura: aprenda sobre plantas com folhas roxas escuras

Jardinagem com folhagem escura: aprenda sobre plantas com folhas roxas escuras



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Jardinar com cores escuras pode ser uma ideia empolgante para jardineiros que desejam experimentar algo um pouco diferente. Se aprender a usar plantas de folhagem escura despertar o seu interesse, você pode se surpreender com a incrível variedade de opções. Leia alguns exemplos de plantas com folhagem cor de vinho, plantas com folhagem preta e plantas com folhas roxas escuras e como usá-las no jardim.

Plantas de folhagem negra

Grama preta mondo - A grama preta mondo produz densos aglomerados de folhas verdadeiramente pretas e tiras. A relva Mondo funciona bem como cobertura do solo e também fica satisfeita em contentores. Adequado para zonas 5 a 10.

Arbusto de fumaça - arbusto de fumaça roxa pode ser treinado para uma árvore graciosa e pequena ou pode ser aparado para permanecer do tamanho de um arbusto. O roxo intenso desvanece-se para um tom acastanhado no final do verão e, em seguida, explode em vermelho vivo e laranja no outono. Adequado para zonas 4 a 11.

Eupatorium - Eupatorium ‘Chocolate’, também conhecido como snakeroot, é uma planta alta e impressionante da pradaria com folhagem marrom tão intensa que parece quase preta. Flores brancas fornecem contraste impressionante. Adequado para zonas 4 a 8.

Euphorbia - Euphorbia ‘Black Bird’ possui folhas aveludadas que parecem quase pretas quando expostas ao sol; parece ótimo em bordas ou cultivado em recipientes. Adequado para zonas 6 a 9.

Plantas com folhas roxas escuras

Sabugueiro - O sabugueiro de renda preta exibe uma folhagem preto-arroxeada com folhas que lembram o bordo japonês. Flores cremosas aparecem na primavera, seguidas por atraentes frutos silvestres no outono. Adequado para zonas 4 a 7.

Colocasia - Colocasia ‘Magia Negra’, também conhecida como orelha de elefante, exibe aglomerados gigantescos de enormes folhas roxas-pretas medindo até 60 centímetros de comprimento. Adequado para zonas 8 a 11.

Heuchera - Heuchera é uma planta perene resistente disponível em muitas cores, incluindo variedades com folhagem escura impressionante. Por exemplo, dê uma olhada em ‘Cajun Fire,’ ‘Dolce Blackcurrent’, ‘Villosa Binoche’ ou ‘Beaujolais’ para citar apenas alguns. Adequado para zonas 4 a 9.

Batata doce ornamental - Ipomoea batatas ‘Black Heart’, familiarmente conhecido como trepadeira batata-doce preta, é uma planta anual com folhas em formato de coração preto-arroxeadas. Videira de batata-doce preta fica ótima em recipientes onde pode cair livremente sobre os lados.

Plantas de folhagem da Borgonha

Ajuga - Ajuga reptans ‘Burgundy Glow’ mostra cores intensas em plena luz do sol. Veja também 'Brocado Roxo' para folhagem tingida de roxo ou 'Vieira Negra' para folhagem preto-arroxeada intensa. Adequado para zonas 3 a 9.

Canna - Canna ‘Red Wine’ exibe uma profunda folhagem cor de vinho com flores vermelhas brilhantes. Veja também Canna ‘Tropicanna Black’, com folhas roxas profundas, e ‘Black Knight’, com folhagem verde e preta. Adequado para zonas 7 a 10, ou pode ser levantado e armazenado durante o inverno em climas mais frios.

Abacaxi lírio - Eucomis ‘Sparkling Burgundy’ é uma planta de longa duração com folhagem exótica e de aparência tropical. A planta torna-se verde profundo quando desabrocha, e então volta ao vinho profundo quando as flores murcham. Veja também Eucomis ‘Dark Star’, uma variedade roxa profunda. Zonas 6 a 9.

Aeonium - Aeonium arboretum ‘Zwartkop’, uma planta suculenta também conhecida como rosa negra, produz rosetas de folhas castanho-avermelhadas / cor de vinho / pretas com flores amarelas brilhantes no inverno. Adequado para zonas 9 a 11.

Como usar plantas de folhagem escura

Quando se trata de jardinagem com folhagem escura, a chave é mantê-la simples. Plantas de folhagem escura (assim como flores negras) são impressionantes, mas muitas podem ser opressoras, derrotando completamente seu propósito.

Uma planta escura por si só se destaca como um ponto focal no jardim, mas você também pode combinar algumas plantas escuras com plantas anuais ou perenes brilhantes para destacar ambas. Plantas de folhagem escura podem realmente se destacar quando plantadas estrategicamente em meio a plantas de folhagem de cor clara ou prateada.

Plantas escuras aparecem melhor em plena luz do sol e tendem a se misturar com o fundo na sombra. No entanto, nem todas as plantas escuras se dão bem à luz do sol. Se você quiser plantar plantas escuras em um local com sombra, considere exibi-las com plantas de folhagem contrastantes, brancas ou prateadas.

Lembre-se de que a maioria das plantas com folhagem escura não são totalmente pretas, mas podem ter um tom tão profundo de vermelho, roxo ou marrom que parecem pretas. No entanto, a profundidade da cor pode variar dependendo do pH do solo, exposição à luz solar e outros fatores.

Mais importante ainda, divirta-se e não tenha medo de experimentar!


10 principais plantas com folhas roxas

Plantas com folhas roxas são uma dádiva no verão, quando sua folhagem dramaticamente escura trabalha duro para fornecer um contraste impressionante com flores brilhantes.

Muitas plantas com folhas roxas também têm um crescimento jovem na primavera de tons lindos. No outono, vários deles fornecerão um show ainda mais espetacular antes de perder suas folhas para o inverno.

A folhagem profundamente pigmentada das plantas com folhas roxas, que é causada por uma concentração mais alta de antocianina do que a clorofila, produz alguns dos shows de outono mais vívidos da região. Isso ocorre porque a clorofila se decompõe para revelar cores adicionais, enquanto a antocianina em tons de vermelho se torna ainda mais brilhante.

Para efeitos ardentes e flamejantes para ver a temporada sair com um floreio, não procure mais.

As 10 principais plantas com folhas roxas:

10. Cercis canadensis ‘Forest Pansy’

É difícil pensar em uma planta mais versátil com folhas roxas do que Cercis canadensis. Cultive-o como um arbusto ou uma pequena árvore com vários ramos. Pode ser na parte de trás de uma borda ou ter uma posição de destaque no jardim.

Na primavera, seus ramos nus produzem cachos de flores rosa brilhante, enquanto suas folhas emergem como uma cor púrpura-avermelhada brilhante. No verão, essas folhas escurecem para um rico vinho, antes de amadurecer para uma impressionante mistura de ouro, laranja, escarlate e carmesim no outono.

Cultive ao sol ou à sombra parcial em qualquer solo bem drenado. Em última análise, pode atingir 8m de altura após cerca de 20 anos.

Berberis thunbergii f. atropurpurea

9. BErberis Thunbergii f. atropurpurea

Berberis as espécies são conhecidas por seus espinhos e natureza robusta e tolerante, mas não recebem muito crédito por suas qualidades ornamentais.

Esta espécie caducifólia tem folhas roxas-avermelhadas. As folhas nos brotos jovens são mais rosadas, dando um efeito adorável quando os arbustos são contornados com um novo crescimento difuso. Eles também têm flores amarelas brilhantes no verão e bagas vermelhas brilhantes no outono.

Berberis cresce bem em qualquer solo e cores melhor em pleno sol. Também é um candidato surpreendentemente bom para recorte em formas topiárias.

8. Heuchera ‘Midnight Rose’

Esta heuchera é como a marmite no jardim: algumas pessoas amam as folhas marmorizadas roxas e rosa choque, enquanto outras as odeiam com paixão! Se você cultivar heucheras em recipientes, certifique-se de tomar medidas para prevenir o gorgulho da videira.

O gorgulho da videira é menos problemático em terreno aberto e as plantas dão-se bem ao sol ou à sombra para adicionar alguma cor dramática ao jardim. A coloração rosa mostra-se melhor na primavera.

7. UMAcer palmatum

Este popular e conhecido bordo japonês tem muitas formas roxas e marrons, como ‘Bloodgood’. Cultive-o em um local protegido de ventos fortes e evite sol forte.

A melhor posição para bordos japoneses é sombra clara e salpicada. No outono, as folhas adquirem uma tonalidade brilhante de carmesim antes de cair e cobrir o solo com uma cor maravilhosa. São plantas de crescimento lento, adequadas para jardins e vasos menores.

6. Cotinus ‘Royal Purple’

As folhas roxas escuras deste arbusto de fumaça irão compensar suas bordas com um fundo escuro. O arbusto vigoroso produz folhas ovais que são maiores se o arbusto for podado com força a cada ano.

Cotinus são plantas tolerantes que crescem bem ao sol ou à sombra manchada e na maioria dos solos, mas sua cor é mais brilhante quando cultivada em um local ensolarado. Pode atingir 8m de altura, mas pode suportar uma poda difícil para mantê-la dentro dos limites.

5. Dahlia ‘Bispo de Oxford’

A série de dálias ‘Bishop’ é famosa por suas flores, mas também têm as mais impressionantes folhas, caules e botões de flores roxos.

Há algo outonal nas quentes flores alaranjadas que acompanham o roxo escuro da dália ‘Bishop of Oxford’. É uma planta verdadeiramente imperdível para desfrutar até as primeiras geadas do inverno. Ela cresce até cerca de 90 cm de altura.

4. Hydrangea quercifolia

O carvalho com folhas Hortênsia é um arbusto excelente para solo úmido, mas bem drenado ao sol ou sombra manchada.

Na verdade, suas folhas grandes e de formas distintas são predominantemente verdes durante o verão, mas à medida que o outono se aproxima, elas desenvolvem tons roxos, que gradualmente dão lugar ao clarete e ao carmesim. As grandes panículas de flores brancas cremosas fazem um contraste maravilhoso. Alcança 1,5 m de altura.

3. Sedum telephium ‘Xenox’

A maioria das cultivares de Sedum telephium têm folhas arroxeadas, mas ‘Xenox’ é possivelmente um dos melhores, oferecendo um forte roxo-beterraba que é particularmente marcante no outono, enquanto outras plantas perenes desbotam.

A cor da folhagem parece se aprofundar quando seus cachos de flores são produzidos, carregados acima das folhas carnudas como talos de brócolis rosa-avermelhado. Eles duram como sementes até o inverno também.

À prova de coelhos, atraente para os polinizadores e quase sem manutenção, é uma planta de borda fina, com 30cm de altura.

2. Cornus ‘Kesselringii’

As folhas ovais deste dogwood têm uma coloração arroxeada durante o verão, complementando seus caules roxos perfeitamente.

No outono, sua cor escurece e se intensifica em tons de vermelho e roxo - em contraste com os cachos de bagas brancas, se eles tiverem sido produzidos - antes de cair e revelar os caules dramáticos do arbusto, que se tornam um preto-púrpura mais escuro no inverno.

Sambucus nigra ‘Black Lace’

1. Sambucus nigra ‘Black Lace’

O sabugueiro de folhas pretas é mais bonito do que o sabugueiro comum que cresce nas sebes. Sua fina folhagem preta é o fundo perfeito para exibir delicadas flores de sabugueiro tingidas de rosa.

As flores podem ser usadas para fazer um cordial de flor de sabugueiro rosa. Para obter a cor das folhas mais intensa, certifique-se de cultivar este arbusto alto em uma posição ensolarada. Pode atingir 3m de altura.

Compare essas plantas parecidas com joias com folhas roxas contra essas flores com pétalas amarelas. Encontre nossas 10 melhores plantas para solo ácido.


Uma paixão por plantas com folhagem roxa

Devo confessar - eu tenho essa coisa para plantas com folhas roxas. À medida que as opções de plantas com folhagem roxa se expandiram ao longo dos anos, meu amor por elas só cresceu. Adicionar uma árvore roxa, arbusto, perene, anual ou mesmo uma erva ou vegetal à paisagem certamente se destacará contra as plantas com folhas verdes na paisagem. Se você acha que gostaria de adicionar algumas plantas de folhagem roxa à sua paisagem, abaixo estão algumas que funcionam bem em Iowa.


Bordo Japonês de Folha Roxa

'Crimson King', 'Royal Red' e 'Crimson Sentry' são populares bordo da Noruega (Platanoides Acer) cultivares com folhagem roxa. Os cultivares com folhas roxas crescem lentamente, mas podem eventualmente atingir uma altura de 12 a 60 pés. Todos os bordos da Noruega podem ser propagados novamente e se tornar invasivos em áreas naturais próximas.

Crabapples, como 'Orange Crush', 'Prairiefire', 'Purple Prince' e Royal Raindrops ™ são pequenas árvores ornamentais. Seu novo crescimento arroxeado faz com que se destaquem na paisagem. Além de sua folhagem colorida, as maçãs silvestres têm flores atraentes na primavera e frutos vistosos no outono. As maçãs silvestres variam em hábito e sua altura adulta varia de 12 a 25 pés. Muitos possuem boa resistência a doenças.

Faia Roxa (Fagus sylvatica cultivares) e bordo japonês de folha roxa (Acer palmatum ou A. japonicum cultivares) completar minha lista de plantas lenhosas com folhagem roxa para Iowa. Todas essas árvores são excelentes e de crescimento lento na paisagem. Essas pequenas árvores são mais específicas do local do que as outras árvores mencionadas, exigindo um local protegido com sombra parcial e solos úmidos e férteis que sejam bem drenados. Eles também são caros e não são confiáveis ​​para o norte de Iowa.

Apreciada por suas flores primaveris brancas a rosa pálido e folhagem roxa avermelhada, areia roxa (Prunus x cisterna) foi amplamente implantado nos últimos anos. Infelizmente, o sandcherry roxo costuma sofrer morte e costuma ter vida curta. Avelã vermelha (Corylus maxima 'Atropurpurea') e smokebush (Continus coggygria) são ótimas alternativas para a cereja de areia. A avelã vermelha cresce de 8 a 12 metros de altura e produz uma noz comestível. A Smokebush é um arbusto de vários caules de 3 a 4,5 metros de altura com "flores" emplumadas e semelhantes a fumaça no verão. Cultivares como 'Royal Purple' e 'Velvet Cloak' chamam a atenção dentro e fora da floração. Em invernos rigorosos, a Smokebush pode morrer de volta ao solo apenas para se recuperar no verão seguinte com 5 pés de vegetação nova.

Sabugueiro (Sambucus Nigra) é um arbusto de 1,5 a 2,5 metros de altura com frutas roxas pretas comestíveis. Vários cultivares de sabugueiro, como Black Beauty ™ ou Black Lace ™, são conhecidos por sua folhagem roxa. As plantas preferem sombra parcial e solos úmidos e bem drenados. As plantas podem se espalhar por rebentos de raiz.

Para arbustos adaptáveis ​​e difíceis de matar com folhagem roxa, considere a casca de nove (Phisocarpo opulifolius), weigela (Weigela florida), ou bérberis (Berberis thunbergii f. atropurpurea) Cultivares Ninebark, como 'Diablo', Little Devil ™ e Summer Wine ™, têm cachos de flores brancas rosadas de topo achatado na primavera seguidos por folhas escuras roxo-bordô durante o verão. As cultivares variam em altura de 3 a 10 pés de altura. Ninebark também é conhecido por sua casca esfoliante atraente no inverno. Cultivares Weigela como Wine and Roses ™, Midnight Wine ™, Fine Wine ™ ou 'Dark Horse' são conhecidos por suas flores rosa vistosas na primavera e folhagem roxa no verão. As plantas normalmente crescem de 2 a 10 pés de altura nas paisagens de Iowa. Cultivares de bérberis como 'Crimson Pygmy', 'Helmond Pillar', 'Rosy Glow', 'Royal Cloak' e Royal Burgundy ™ adicionam cor e espinhos à paisagem. Barberries variam em altura de 2 a 6 pés de altura.


Coral Bells (Heuchera) 'Petite Pearl Fairy'

As plantas perenes maravilhosas com folhagem cor de vinho a roxa incluem: erva daninha Joe-Pye 'Chocolate' (Eupatorium), Esporão 'camaleão' (Euphorbia dulcis), e vários cultivares de cobra (Actaea racemosa) e malva rosa de folha vermelha (Hibiscus híbridos). Joe-Pye Weed 'Chocolate' e as raízes das cobras têm flores brancas no final do verão ou outono. Ambos preferem sombra parcial e solos úmidos. Joe-Pye Weed 'Chocolate' cresce 3 metros de altura. 'Morena', 'Atropurpurea', 'Hillside Black Beauty', 'Negligee Neglige' ou 'Chocoholic' são cultivares de raiz de cobra com folhas pretas cor de vinho altamente valorizadas que crescem de 3 a 6 pés de altura. 'Chameleon' Spurge é uma planta arredondada que atinge 12 a 18 polegadas de altura e tem melhor desempenho em pleno sol. Ela produz flores verde-amareladas na primavera e tende a semear novamente. As roseiras com folhagem roxa incluem 'Kopper King', 'Mahogany Splendor', 'Midnight Marvel' e 'Red Shield'. As roseiras também são conhecidas por suas atraentes flores rosas, vermelhas ou brancas no verão. As plantas preferem sol pleno com solos úmidos e variam em altura de 3 a 2,5 metros.

Para algo menor em tamanho, existem centenas de cultivares de folhagem vermelha, cor de vinho, roxa a quase preta de Coral Bells (Heuchera híbridos) disponíveis para jardineiros domésticos. 'Palace Purple', 'Dark Secret', 'Pewter Veil', 'Frosted Violet', 'Obsidian' e 'Plum Pudding' são apenas alguns com variações de roxo, prata e bordas onduladas de folhas disponíveis para paisagens de Iowa. Os sinos dos corais preferem sombra parcial e solos bem drenados e variam em alturas de 6 a 20 polegadas.

Coberturas de solo com folhagem cor de vinho a púrpura incluem 'Chocolate Chip' e Bugleweed 'Black Scallop' (Ajuga reptans), 'Morchen' e 'Vera Jameson' stonecrop (Sedum espécies e híbridos), e formas vermelhas a cor de vinho de galinhas e pintos (Sempervivum) Perenes tenras como 'Australia' e 'Red Futurity' Canna, 'Black Magic' e 'Black Beauty' Colocasia, e 'Bishop of Llandaff' Dálias também são conhecidas por sua folhagem escura.


Coleus 'Plum Parfait'

Sementes de mamona (Ricinus communis) e o casaco de Joseph (Amaranto tricolor) são as maiores (5 a 10 pés de altura nos jardins de Iowa) das plantas anuais com cultivares de folhagem roxa dignas de menção. Procure por 'New Zealand Purple' ou 'Red Spire' para as cores escuras da folhagem da mamona. No entanto, tome cuidado com a mamona, pois todas as partes são venenosas (quando comidas) para pessoas e animais de estimação. Os cultivares de pêlo de Joseph, como 'Illumination' e 'Molton Fire', têm folhas vistosas de púrpura-vinho a rosa-púrpura. A planta pode atingir uma altura de 4-6 pés quando plantada em solos férteis, úmidos e bem drenados.

Coleus e algumas gramíneas ornamentais agregam interesse aos recipientes e plantações anuais na paisagem. Existem inúmeras cultivares de coleus com folhagem roxa, vermelha, cor de vinho ou mesmo quase preta. Algumas cultivares que podem estar disponíveis em centros de jardinagem locais incluem 'Black Prince', 'Wizard Chocolate' e ColorBlaze Marooned ™. As folhas lineares de gramíneas ornamentais, como a grama-fonte roxa (Pennisetum sectaceum 'Rubrum') ou linho da Nova Zelândia (Phormium tenax) fornecem textura e contraste com as folhas mais arredondadas de outras plantas.

Para um hábito mais coberto ou arrastado, considere a videira de batata-doce (Ipomoea batatas) ou planta chita (Alternanthera dentata) As formas de folhagem roxa da trepadeira de batata doce incluem 'Blackie', 'Blackberry Heart' ou 'Midnight Lace'. 'Purple Knight' é uma forma de folhagem púrpura-bordô popular da planta chita.


As plantas-escudo persas têm uma folhagem roxa impressionante.

Escudo persa (Stobilanthes dyerianus) e judeu errante (Tradescantia pallida) são comumente cultivadas como plantas domésticas, mas também podem ser usadas em recipientes para sua atraente folhagem roxa. 'Purple Heart' ou 'Purple Queen' são duas cultivares prontamente disponíveis do judeu à direita.

Ervas e vegetais

Existem também algumas ervas e vegetais com folhagem roxa, como 'Roxo

Manjericão Ruffles 'ou' Red Rubin ', Sálvia de jardim de folha roxa (Salvia officinalis 'Atropurpurea'), Beterraba 'Bulls' Blood ', pimenta ornamental' Black Pearl 'e Couve' Redbor '. Essas plantas atraentes e comestíveis são ótimas adições a hortas, vasos e até mesmo locais ensolarados na paisagem.

Considere plantar algumas dessas plantas de folhagem colorida para adicionar um pouco de paixão roxa à sua paisagem.


40 flores e plantas negras

Conte com plantas negras maravilhosamente góticas para adicionar um grande drama aos seus canteiros e contêineres de jardim.

Relacionado a:

Viola 'Black Delight'

Para um verdadeiro black bloomer, é difícil vencer a viola 'Black Delight'. Essas flores pretas como tinta são uma ótima escolha para plantações de estação fria em canteiros ou vasos e podem florescer durante todo o inverno em regiões amenas.

'Twilight Magic' Crape Myrtle

Vista sua paisagem em tons escuros com as folhas de ameixa profundas da murta de crepe 'Twilight Magic'. Flores rosa aparecem do meio do verão ao outono, criando um contraste marcante com as folhas quase pretas. Use esta planta como um substituto para ameixas roxas, propensas a doenças. Hardy nas zonas 7-9.

Lírio persa

Lírio-persa vistoso e escultural (Fritillaria persica) enfeita jardins no final da primavera com espigas de flores em forma de sino, de um preto-púrpura profundo. Cultivada com lâmpadas, é uma verdadeira planta de herança, aparecendo já em 1585 na Turquia, Síria, Irã, Jordânia, Israel, Iraque, Líbano e Palestina. Dê-lhe um local ensolarado com solo muito bem drenado. Hardy nas Zonas 5-8.

Heléboros 'Escuros e Bonitos'

Do início a meados da primavera, antes de muito mais florescer, aparecem as flores negras dos heléboros "Escuros e Bonitos". Também conhecida como rosa quaresmal (floresce na época da Quaresma), esta planta perene é geralmente ignorada pelos veados devido às folhas grossas e coriáceas. Dê-lhe uma mancha parcial ou total. Hardy nas Zonas 4-9.

'Cantor Black' Calla Lily

Nativo da África do Sul, o lírio-de-cala 'Cantor Black' apresenta flores altas e eretas com um matiz roxo-escuro brilhante e profundo cercado por folhagem verde manchada. Esta planta é um belo complemento para canteiros de jardim de verão e dá uma linda flor de corte. O copo-de-leite 'Cantor Black' também cresce bem em recipientes e pode ser transportado para dentro durante o inverno.

Mangave 'Black Magic'

Dentes pontiagudos ao longo das bordas das folhas aumentam o fator de medo no mangá 'Black Magic'. Esta suculenta tropical faz uma declaração em recipientes ou canteiros. A cor da folha é mais escura em pleno sol. As plantas podem passar o inverno em ambientes fechados a temperaturas de 60 ° F ou mais. A cor da folha vai desbotar, mas a tonalidade negra voltará na primavera depois de algumas semanas ao ar livre ao sol. Hardy nas Zonas 9 a 11.

Begônia Cacau 'Enchanted Sunrise'

Esta beldade lança um feitiço com suas folhas de chocolate gravadas com veios de limão. A begônia do cacau 'Enchanted Sunrise' prospera na sombra, onde suas flores de laranja-salmão aparecem durante todo o verão. Use-o em canteiros ou recipientes.

'Night Embers' Sedum

Esta planta perene arde no jardim de verão, suas folhas preto-roxas escuras inflamadas por botões rosa em hastes vermelho-escuras. Como todos os sedums, 'Night Embers' é tolerante à seca e prospera ao sol, embora a sombra da tarde ajude a prevenir o queimadura das folhas nas zonas mais quentes. Cabeças de flores fornecem interesse no inverno. Hardy nas Zonas 3-9.

Dahlia ‘Happy Days Purple’

Uma dália perene decídua, 'Happy Days Purple' apresenta folhagem preto-bronze e vistosas flores rosa brilhantes que florescem do verão ao outono. Resistente a 20 ° F.

Black Coral Bells

Folhas de chocolate esfumaçado em sinos de coral negro 'Northern Exposure' soam uma nota profunda e escura em canteiros que é completamente macabro quando combinada com as flores de laranja de coreopsis 'Desert Coral'. Esta variedade de sinos de coral é versátil, crescendo de pleno sol a plena sombra. A parte inferior das folhas é vermelha. Hardy nas Zonas 3-9.

Tulipas 'Rainha da Noite'

Quer adicionar um pouco de drama sombrio ao seu jardim que floresce na primavera? Tulip 'Queen of the Night' apresenta flores roxas profundas e aveludadas que contrastam bem com as flores da primavera em azul, laranja e branco. Requer parte a pleno sol. Hardy nas Zonas 2-8.

Gerânio ‘Dark Reiter’

Folhas rendadas e pretas desabrocham sobre o gerânio "Dark Reiter" (Geranium pratense), um tipo de gerânio resistente. As folhas escuras fornecem um cenário deslumbrante para flores lilases brilhantes que aparecem no verão. Esta planta perene dura como pregos se desenvolve em todos os tipos de solo em parte da sombra ao sol. Hardy nas Zonas 4-8.

Príncipe Negro Coleus

Esta beldade de folhas negras não é o coleus da sua avó. Além de sua personalidade sombria, este coleus cresce em pleno sol ou sombra. Use-o em contêineres para chamar a atenção no papel de suspense ou coloque-o em canteiros para fornecer um pano de fundo sólido para anuários coloridos.

Lírio de chocolate

Apesar do nome, o lírio de chocolate (Fritillaria camschatcensis) tem um odor notoriamente desagradável. As flores roxas escuras aparecem no início do verão.

Batata Doce 'Blackie'

A batata-doce ornamental chamada 'Blackie' é uma planta de cobertura do solo ou vaso em cascata quase rampante no verão, com profundas folhas cor de vinho, atraentes flores no final do verão e um tubérculo comestível no outono.

Mondo Grass Black

Ophiopogon planiscapus 'Nigrescens' é uma cultivar de gramíneas mondo que se destaca por suas folhas preto-arroxeadas, flores rosa em forma de sino e bagas pretas azuladas globulares.

Suculenta 'Zwartkop'

O Aeonium 'Zwartkop' é uma suculenta multi-ramificada que adiciona uma nota dramática com suas rosetas quase pretas.

Cordyline Australis 'Torre Púrpura'

Nativa da Nova Zelândia, a árvore de repolho 'Torre Púrpura' apresenta folhas pontiagudas de ameixa roxa e pode ser cultivada em recipientes internos e externos. Combine com plantas coloridas para equilibrar sua altura.

Íris de Barba Negra 'Hello Darkness'

Na busca incessante pela flor negra mais negra, esta premiada íris alta e barbada continua sendo um padrão. 'Hello Darkness' apresenta pétalas e flores de obsidiana com babados no meio da primavera.

Bambu preto

Phyllostachys nigra, bambu preto, tem colmos pretos e folhas verdes penugentas. Ele vai crescer até 35 pés de altura. Novos colmos verdes surgem a cada primavera e gradualmente ficam pretos. Este bambu preto pode ser moldado para formar uma densa cobertura ou tela de privacidade.

Manjericão 'Red Rubin'

'Red Rubin' é um lindo manjericão de folha vermelha que cresce e tem gosto de manjericão italiano doce, mas tem folhas vermelho-arroxeadas. É ótimo adicionar cor a saladas ou vinagre.

Orelhas de elefante negro

A orelha de elefante brilhante e brilhante 'Diamond Head' contrasta lindamente com as petúnias rosa neste recipiente de verão. Um perene nas Zonas 8+, este atordoador prefere sombra parcial e crescerá até 6 pés de altura durante o verão.

Tulipa 'Papagaio Negro'

A tulipa 'Black Parrot' apresenta pétalas caprichosas em forma de chama que são quase pretas por dentro. O tom roxo escuro contrasta lindamente com flores em tons claros. Planta no outono para a cor do final da primavera.

Petúnia 'Sweetunia Black Satin'

Em exibição de meados da primavera ao final do verão, a petúnia 'Sweetunia Black Satin' apresenta flores pretas em forma de trompete quase sólidas que se destacam contra um pano de fundo de folhagem verde brilhante.

Suculenta Echeveria 'Metallica'

A Echeveria gibbiflora 'Metallica' produz pequenas pontas de flores vermelhas no verão acima de enormes rosetas roxas.

Weigela 'Vinho da Meia-Noite'

A weigela anã 'Midnight Wine' fornece uma cor estável em canteiros durante toda a temporada. Para uma plantação atraente, combine-a com verde-limão ‘Angelina’ Sedum rupestre. Weigela abre uma safra clara de flores rosa na primavera. Hardy nas Zonas 5-8.

Gerânio Dusky Cranesbill

Geranium phaeum, também conhecido como cranesbill escuro, viúva de luto ou viúva negra, é uma boa planta para sombra úmida. As flores do final da primavera e do início do verão são roxas profundas, marrons ou brancas. Ele se espalhará rapidamente para formar um montículo de folhagem excelente para eliminar ervas daninhas.

Malva-rosa

Uma escolha popular em jardins de casas de campo modernas, as malvas-rosa pretas apresentam flores marrons escuras profundas em hastes altas. O matiz preto atraente combina lindamente com mil-folhas amarelas, girassóis e malmequeres amarelos. Requer full sun hardy nas Zonas 4-10.

Tomate 'Indigo Rose'

'Indigo Rose' foi criado na Oregon State University e é o primeiro tomate verdadeiramente roxo oferecido aos jardineiros domésticos. Ele foi criado para maximizar as antocianinas saudáveis, flavonóides que possivelmente têm efeitos antioxidantes em humanos. A fruta em 'Indigo Rose' é tão escura quanto uma berinjela. Para obter o melhor sabor, não colha a fruta muito cedo. Precisa de tempo para desenvolver os ácidos e açúcares para ter seu melhor sabor.

Calathea Crocata

A menos que você jardine nas regiões subtropicais da Costa do Golfo, do sudoeste ou do Havaí, esta dramática planta tropical escura que adora sombra fica melhor guardada em um recipiente ao ar livre e trazida para dentro durante o inverno. A planta é conhecida por seu nome comum, chama eterna, por suas fortes flores amarelas que se destacam contra um fundo de folhagem verde-escura.

Iris 'Black Gamecock'

Uma verdadeira planta que ama a água, esta íris da Louisiana cresce em até 10 centímetros de profundidade. ‘Black Gamecock’ é uma variedade que abre flores de 10 a 15 cm com pétalas roxas profundas marcadas com uma faixa dourada brilhante. É uma variedade premiada que é ultra fácil de cultivar. As plantas se multiplicam rapidamente em condições ideais de crescimento. Apesar do nome, a íris da Louisiana é resistente no extremo norte do Maine. Procure variedades com flores em vários tons, incluindo tons de roxo e azul, vermelho, branco, amarelo e marrom. As plantas crescem de 24 "a 36" de altura por 24 "de largura. Hardy nas Zonas 4-10.

Pimenta 'Black Pearl'

Esta pimenta compacta tem folhagem quase preta e bagas maduras, que são comestíveis, mas muito, muito picantes. O lado de cima? Essas pimentas estão cheias de beta-caroteno e vitamina C, e dizem que até têm propriedades analgésicas. A planta requer sol pleno e temperaturas quentes para prosperar. Comece as sementes dentro de casa duas semanas antes da última geada e, em seguida, plante quando o solo atingir 60 graus Fahrenheit.

Phormium Tenax 'All Black'

No mundo do destaque da folhagem, o linho 'All Black' da Nova Zelândia é um dos Phormiums mais escuros ao redor e muito dramático em um vaso com outras plantas escuras.

Sabugueiro 'Black Lace'

O sabugueiro de baixa manutenção traz o melhor que uma planta tem a oferecer, combinando uma personalidade resistente como as unhas com flores bonitas e aparência elegante. É nativo da América do Norte, mas a criação europeia rendeu uma beleza estonteante que se encaixa em qualquer paisagem. O sabugueiro é um remédio caseiro para a temporada de gripes e resfriados, e pesquisas modernas comprovaram que o sabugueiro possui propriedades antivirais, antiinflamatórias e anticâncer. Siga nosso link abaixo para saber mais sobre o cultivo desses lindos arbustos negros.

Painço Ornamental

O grão anual chamado painço é uma das várias gramíneas ornamentais que apresentam folhagem e sementes quase pretas, tornando-o muito dramático como espécime de acento ou plantio em massa.

Hortênsia 'Dark Angel'

Fale sobre uma planta sombria - até florescer, claro! Hydrangea macrophylla 'Dark Angel' ilumina o jardim sombreado com suas flores coloridas que variam em cor de vermelho rosado a azul / lilás, dependendo do nível de pH do solo.

Gato Preto Bichano

Bem-vindo à primavera com um toque assustador de um antigo favorito. O salgueiro Black Cat troca os botões peludos e cinzentos pelos profundos e escuros. Os amentilhos felpudos começam em rosa brilhante e prata e lentamente desbotam para o preto. A planta atinge de 3 a 3,5 metros de altura e largura, um tamanho perfeito para uma cerca viva. Hardy nas Zonas 4-7.

Ligularia Dentata 'Britt-Marie Crawford'

Imprescindível em seu jardim gótico, esta planta perene que adora sombras ostenta uma folhagem profunda de chocolate cor de vinho sob flores amarelas brilhantes. Esta variedade de planta leopardo b surge do final do verão ao início do outono nas Zonas 4-9 e parece impressionante como uma planta de fronteira dramática.

Ajuga 'Burgundy Glow'

Ajuga é uma cobertura de solo comum, mas esta escura, cor de vinho acobreada, é um excelente contraste para plantas escuras mais altas, como a grama-preta.

Actaea Simplex 'Gigante de Prichard'

Anteriormente chamada de Cimicifuga, a cultivar nativa perene 'Prichard's Giant' tem folhagem escura e profunda encimada por hastes de flores branco-rosadas que chegam do meio ao final do verão. Este bloqueador é perfeito como um acento escuro no sol ou sombra parcial.


Esquemas de cores do jardim

Plantar para obter cor é um assunto complexo que pode ser intimidante. O principal a ser lembrado é que a cor é um presente para se divertir, não um problema a ser resolvido - na verdade, acidentes criativos podem ser o melhor caminho a seguir. Aqui estão alguns pontos de partida para inspirar.

Eles dizem: "Focar em qualquer forma de roxo acalma a tagarelice da mente.” (Jan Johnsen, O paraíso é um jardim)

Interrogue: Roxo é a cor de flor mais solicitada para uso em jardins e, com seu efeito calmante, não é de admirar. No Feng Shui, o roxo denota nobreza, abundância e dignidade, e tem sido usado ao longo da história por dignitários e governantes, desde imperadores romanos até reis e rainhas europeus modernos.

Sábio russo 'Denim' n Lace '.
Foto por: Vencedores comprovados.

Sinos de coral Primo® 'Wild Rose'.
Foto por: Vencedores comprovados.

Um momento de cor: No jardim, o roxo pode ser encontrado em flores e folhagens em uma variedade de tons aparentemente ilimitada. Uma das plantas roxas mais notáveis, a lavanda, é homenageada com festivais anuais em climas mediterrâneos, onde cresce rapidamente.

Plantas perfeitas: Como mencionado, a lavanda é uma das plantas com flores roxas mais populares (senão a mais), junto com arbustos como a sálvia russa 'Denim' n Lace '(acima) e plantas anuais, como petúnias. Para uma exibição incrível de folhagem roxa, experimente os sinos de coral Primo® 'Wild Rose' (acima).

Eles dizem: “. a segregação das flores azuis é um erro. Eles, mais do que qualquer outro, precisam do brilho do escarlate, da nuvem branca, do toque de damasco ou do amarelo para acendê-los à vida. ” (Louise Beebe Wilder, Color in My Garden)

Debrief: The range of blue is enormous, from uplifting summer skies to melancholy mists. Think of the number of mascot flowers that are blue—Texas bluebonnets, California lilacs, Swiss gentians, English bluebells—this color carries emotional heft. Gertrude Jekyll used blue to create the illusion of greater depth in the same way that landscape painters use misty-blue mountains, so blues were always at the most distant end of her flower borders.

Spiked speedwell and ‘Coronation Gold’ yarrow.
Photo by: Andrea Jones.

Himalayan poppy.
Photo by: Clive Nichols.

A color moment: The combination (above) of the blue flowers of spiked speedwell (Veronica spicata) mingled with yellow ‘Coronation Gold' yarrow is an example of the way a yellow “throw” creates a sparkle that blue by itself could not. Try pink, cream and silver for the same effect.

Perfect plants: The Himalayan poppy (Meconopsis betonicifolia, above) and English delphiniums are classic examples of true blue flowers, but both are tricky to grow. Look to lupines, California lilacs, phlox, bluestars (like 'Storm Cloud'), salvias (like 'Azure Snow'), lobelias (like Laguna® Dark Blue) and others for easy blues.

They say: “Provided that one does not run the idea to death, and provided one has enough room, it is interesting to make a one-color garden.” (Vita Sackville West, creator of Sissingshurst garden, England)

Debrief: Little did VSW realize that with this suggestion she would launch the cult of the white garden, a simple idea endlessly reinvented by designers keen to show off their paces. A white garden, just like the little black dress on the catwalk, spells style. Emotionally, white may evoke associations with peace and purity, but visually it is a prickly customer that commands attention. Small white flowers woven among colors can give a lift, but a block of white creates too strong a contrast that stops the eye. The key to working with all white is to isolate it (the Sissinghurst garden is entirely enclosed).

Incrediball® smooth hydrangea.
Photo by: Spring Meadow Nursery.

Diamond Frost® euphorbia.
Photo by: Proven Winners.

A color moment: If you can’t get to Sissinghurst, the silver garden at Longwood Gardens, Pennsylvania, by Isabelle Greene, which uses a palette of arid and succulent plants, is outstanding.

Perfect plants: Create a wall of large white blooms with Incrediball® smooth hydrangea, or add a light and airy touch with Diamond Frost® euphorbia.

They say: “Everyone knows that red reads in-your-face—and that is a very good place for it.” (Nori Pope, Color By Design)

Debrief: Energy, passion, power—associations with red are strong stuff. Some gardeners feel timid about using it, but red is not necessarily aggressive if you mix it with fresh green foliage. Red sits opposite green on the color wheel, and thus is its complementary color. In the garden, where a green canvas is a given, the effect is of popping energy and pizzazz. Red attracts attention, but works best at mid- to close range because on the whole it absorbs light and will be lost in a shady border or at a distance.

'Bishop of Llandaff' dahlias, red lilies, black mondo grass.
Photo by: Clive Nichols.

Crocosmia masoniorum 'Lucifer'.
Photo by: Clive Nichols.

A color moment: The borders of Hidcote Manor, England, designed by Laurence Johnson, set the standard. Every year the public garden of Chanticleer in Philadelphia creates hot borders using different annuals and tropicals.

Perfect plants: In her garden above, Clare Matthews uses a red-painted pot filled with black mondo grass as the centerpiece of a border of red ‘Bishop of Llandaff’ dahlias and red lilies, with black gravel and dark foliage for contrast. Crocosmia masoniorum 'Lucifer' (above) is a stalwart of the red border. Summer holiday containers wouldn't be complete without bright red annuals such as Supertunia® Really Red petunia or Timeless™ Fire geranium.

BROWN MAKES A PRETTY CORPSE

They say: “Dying in an interesting way is just as important as living.” (Piet Oudolf)

Debrief: Brown may not feature on the color wheel, but once frost sets in, shades of brown, along with silver and gray, are the flattering neutrals that the well-dressed grass or perennial will be wearing. The popularity of ornamental grasses especially has raised consciousness of the glowing, mellowing effects of brown, especially when backlit by low winter sun. For the wistfully inclined gardener (think of Keats’ “mists of mellow fruitfulness,” etc.), fall is the best time of year in the garden, and shades of brown, from russet to hay, butterscotch to toast, cappuccino to chestnut, are what put the nuance into the season.

New Zealand flax and tall pampas grasses.
Photo by: Clive Nichols.

'Velvet Queen' sunflower.
Photo by: Andrew Lawson.

A color moment: Visit the Chicago parks for the burnished grasses of Oehme, van Sweden at the Botanic Garden, Piet Oudolf’s work at the Lurie Garden in Millennium Park.

Perfect plants: The bronze spiky forms of New Zealand flax punctuate the above winter border of tall pampas grasses, miscanthus and pennisetum. Another cool season grass, 'Toffee Twist' sedge, is a perfect choice to add a hint of brown to containers. The latest trendy deep bronze and “chocolate” plants evoke the luxury and sumptuous qualities of brown—try ‘Velvet Queen’ sunflower (above).

GREEN MERITS YOUR ATTENTION

They say: “The true worth of green lies in its refreshing quality and in the shades, tones and textures that change it so much.” (Jill Billington, Color Your Garden)

Debrief: There are so many green gardens, so diverse in concept and geography—Japanese moss gardens, French parterres of box and grass, tropical jungles, informal conifer gardens. Green restores the senses in a way we take for granted, but designers should pay attention: In shade, lime green or chartreuse will sparkle and light the darkest places. In both formal and informal gardens, green provides the architecture: hedges, trees, grass—the shapes and volumes can be soft and naturalistic or crisp and linear. Late in the season when everything else has collapsed, clipped evergreen shapes hold a garden together.

Hardy bananas in Seattle rainforest.
Photo by: Susan A. Roth.

Sweet Caroline Sweetheart Lime sweet potato vine.
Photo by: Proven Winners.

A color moment: Mount Cuba Center in Delaware, dedicated to the native wildflowers of the Piedmont region, offers impressionistic variations on the shady woodland garden using palest tones of yellow, ink and blue.

Perfect plants: Above, Dan Hinkley’s rain forest near Seattle goes tropical with hardy bananas, and Sweet Caroline Sweetheart Lime sweet potato vine (Ipomoea hybrid) thrives in full sun with its bright chartreuse green leaves.

They say: “Yellow is highly visible, which makes many people nervous. ” (Christopher Lloyd, Color for Adventurous Gardeners)

Debrief: Yellow has attracted more than its fair share of controversy. In the fifties it was unpopular with modernists, who regarded it as jarring. And as Christopher Lloyd points out, there are snobbish overtones to yellow prejudice, at least in England: “Yellow in gardens is the people’s colour.” For that reason alone, there are gardeners who ban yellow from the border. It is also associated with sickliness, i.e., the chlorophyll deficiency that causes yellowing of the leaves.

Mixed border with lupines, roses, senecio, mullein and grasses.
Photo by: John Glover.

Dahlightful® Tupelo Honey dahlia.
Photo by: Proven Winners.

A color moment: Rosemary Verey’s gorgeous golden chain tree tunnel at Barnsley House launched a thousand imitators. Crathes Castle, Scotland, has a little known Golden Garden which is a virtuoso performance in the key of yellow.

Perfect plants: The borders of Hadspen House, England, gardened by Canadians Nori and Sandra Pope, show how color harmonies work—this tapestry of lupines, roses, senecio, verbascum and grasses creates an uplifting sunshine. Dahlias are always good for a shot of solid color, try Dahlightful® Tupelo Honey dahlia.

BLACK IS NOT NECESSARILY MORTICIA

They say: “People often expect me to look like Morticia.” (Karen Platt, Black Magic and Purple Passion)

Debrief: A color much debated (does black exist in nature?), the appeal of dark burgundy, deep maroon and glossiest black/purple foliage and flowers is a recent craze set to become a classic. Much credit should go to English plantswoman Karen Platt, whose offbeat obsession became a book. Black works both as a harmonious element and as a dizzying contrast: Use black plants to extend the darkest tones of red or purple, and provide velvety depths to a fiery foreground. For high contrast, pair it with gold or chartreuse foliage and pale pink or baby-blue flowers to inject drama into what would otherwise be a routine exercise. “The big no-no is to underplant with white gravel or stone chippings,” warns Platt.

Japanese maple, mondo grass, red roses and coral bells.
Photo by: Andrea Jones.

Primo® 'Black Pearl' coral bells.
Photo by: Proven Winners.

A color moment: The above medal-winning garden at Chelsea 2004 paired a dark Japanese maple with a foreground of mondo grass, threaded with red, red roses and 'Sparkling Burgundy' coral bells.

Perfect plants: Take a Gothic approach to gardening with black foliage plants such as Primo® 'Black Pearl' coral bells (above) or Sweet Caroline Raven™ ornamental sweet potato vine.


Basic Design Principles - Using Color in the Garden

This article covers the basics on using color in your garden bed.

When you get right down to it gardens are really about color. That color can come from flowers, foliage, bark, pottery, furniture, fences and even artwork, but in the end it is all about color. Our gardens are meant to enhance our lives and to make our homes look better from the curb. Color can be soothing or exciting, it can be a riot or a river, it can be front and center or something much more subtle, but whatever our choices, color is the goal. Any color scheme can work, it's your garden so if you're happy who cares what anyone else thinks. However, understanding the basic principles of using color in design can help make that picture in your head a reality. Be it a soothing sanctuary or a patio ready for a party.

The first thing to learn is which colors are considered neutral in gardening. Neutral colors are those colors that can be used with any other color without changing the effect that you are trying to achieve. White, black, grey, silver and shades of brown are considered neutral in any arena. In gardening, green also functions as a neutral. Neutral colors will have a tendency to tone down the other colors in a bed and can be used as a buffer between two plants that might otherwise clash.

While white funtions as a neutral in the garden, it also serves another purpose. White glows when you view the garden early in the morning, during the evening and at night. With busy lives, many of us view our gardens less during the day and more often during twilight hours. If you will be using your garden often after dark be sure to include a healthy dose of white flowers and silver foliage. These plants will show well in the evening.

The easiest color plan to pull off is probably the monochromatic color scheme. Which is simply combining shades of a single color together to create a garden bed. These beds are simple to put together because choosing plants from a single color family is pretty easy to do. I know monochromatic can sound boring, but these beds don't have to be blah. They can include great depth and interest as illustrated in the photos below.

Monochromatic color schemes include shades of red including pink, shades of orange, and shades of yellow:

Other monochromatic color schemes include shades of black, white, or violet:

Find plants by color:

Now comes the part that can be a little bit more intimidating, mixing different colors together. Mixing colors doesn't have to be difficult and learning to successfully mix colors is easiest if you use the color wheel as a starting point. I know just hearing that you might be using a color wheel may strike terror in your heart, but take a deep breath and repeat after me "The Color Wheel Is My Friend." Mesmo.

The first key to understanding mixing colors is to look at the basic relationships between the colors. Using the color wheel is the easiest way to illustrate these concepts. One easy way to combine colors is to use analogous colors. Analogous colors are those that are next to each other on the color wheel. These colors tend to blend together well. The diagram below shows the 6 major colors on the color wheel. Analogous colors include red and orange, orange and yellow, yellow and green, green and blue, blue and violet, and violet and red. Analogous colors can go beyond two colors, groups of red, orange, and yellow or blue, violet and red can also be considered analogous colors.

Here are some photos that illustrate use of analogous colors in the landscape. The photos below show: violet and red, red and orange, orange and yellow, and green and blue color schemes.

If you are a bit more adventurous and like some contrast in your colors, try using complimentary colors, which can add a lot of pop to your bed. Complimentary colors are opposite each other on the color wheel. The diagram below shows the different complimentary colors. The 3 complimentary color pairs shown here are violet and yellow, red and green, and orange and blue.

Here are some photos that illustrate the use of complimentary colors in the landscape. The color duos below are orange and blue, violet and bright yellow, and violet and light yellow.

The third color scheme illustrated by the color wheel is the color triad. The color triad is created by drawing an equilateral triangle connecting 3 colors in the color wheel, see the chart below. In our illustration red, yellow and blue are a triad and violet, orange, and green are a triad.

For a real life example of each triad, look at the photos below. The photo on the left illustrates the red, yellow and blue triad while the photo on the right illustrates the violet, orange, and green triad.

Colors also fall into two different categories, dark and bright colors. Dark colors, like blue, purple and pink, tend to create a calming and serene atmosphere and will appear cool in even the worst heat. Dark tones are perfect for creating a sanctuary, where you can go to unwind and de-stress from the chaos of life. These colors are great for setting the mood for gatherings filled with soft music and quiet conversation.

Dark colors also have a tendency to make areas look larger than they are. If you have a small garden these colors can help make your area feel more spacious. Don't forget that neutral colors will work with both dark and bright colors to expand the palette of plant material while maintaining the mood you are creating. Here are two examples of gardens using dark colors:

Bright colors draw attention and make spaces seem smaller. If you have a large space and you would like to make it seem smaller use bright reds, oranges, and yellows in the distance. This will make the planting seem closer to you. Bright colors are also great for drawing attention to areas you would like to highlight, for instance: a front entrance, featured flower beds, seating areas, or artwork. Bright colors add a festive feeling and put you in a party mood. They are good next to the patio or a deck where people tend to gather for entertainment. Here are two examples of gardens using bright colors:

I have always tended to be attracted to bright colors, but I was a bit timid in how I mixed those colors together. I tended (still do to some extent) to be most comfortable combining analogous or monochromatic colors. Then several years ago, I had a bit of a color epiphany, brought on by a giant corally-pink wall that we installed in a garden we use for a trade show. While I love the color, we used a paint color match system to duplicate the color of my winter coat. I wasn't so sure a 15 foot tall, 100 foot long, wall painted that color was the best idea. However, after painting the wall and placing almost every color imaginable, including salmon, in front of it I realized that you should never be afraid of bright colors. A wider range of colors than you might think will work together, a fact I have to keep telling myself.

A huge, bright coral-pink wall might be a bit of overkill, although pretty fantastic bright pink chairs might just fit the bill. If you are afraid that you might get tired of the color, don't worry. A simple coat of paint changes everything. By now the wall has been at least 5 different colors and the chairs have to be on at least their 10th coat of paint. A coat of paint changes everything, from a bright pink party to a soothing blue sanctuary in a few simple brush strokes. OK, make that a few gallons of paint.

One last point, the most important thing is that you love your garden. If you have to leave these color principles behind to create your dream garden, do it. If you're happy, other opinions do not matter.

To learn more about basic principles of design click this link.


TREES FOR SHADE

Japanese maple. Photo by Janet Loughrey.

Among the most beloved ornamental trees, Japanese maples (Acer palmatum) are grown for their multi-seasonal interest, elegant structure and brilliantly colored foliage in shades of red, orange, yellow and purple. While some varieties grow into medium or tall trees, others stay smaller, making them suitable for urban lots. These deciduous trees do best when planted in rich, well-draining soil, and with regular water and protection from hot afternoon sun. Use as a backdrop in a mixed woodland border or as a stand-alone focal point. Smaller specimens can be planted in containers.

Height/Spread:

3 to 30 feet tall, 3 to 25 feet wide

Zones:

Plants to Try:

A. palmatum ‘Bloodgood’, A. palmatum ‘Sango-kaku’, A. japonicum ‘Aconitifolium’, A. palmatum ‘Shishigashira’.

Dura-heat® river birch. Photo by Marietta Paternoster Garr / Millette Photomedia.

For natural woodland appeal, birch (Betula) trees make a valuable addition to the landscape for their elegant stature, fall color, and ornamental bark that is particularly attractive in winter. Some varieties are extremely hardy, making them a good choice in colder regions. These deciduous trees are fast growing and perform best in rich, well-draining soil with regular water and at least part-day sun. Because there are so many options to choose from, it’s important to research which ones will do best in your region, and to choose a variety that will not outgrow its space. Plant near a stream or pond, in a row to divide garden spaces, group as an allée, or use a single specimen as a backdrop in a mixed border.

Height/Spread:

5 to 80 feet tall, 5 to 40 feet wide

Zones:

Plants to Try:

B. papyrifera (paper birch), B. nigra (river birch), B. pendula (weeping birch), B. populifolia ('Whitespire' grey birch).

Pagoda dogwood. Photo by Bertrand Dumont / Millette Photomedia.

Grown for its showy flowers and statuesque habit, dogwood (Cornus) is synonymous with spring. While most are deciduous trees, there are also shrub and groundcover forms. Tree varieties most available to home gardeners tend to be small to medium-sized, making them suitable to urban lots and curbside strips where power lines are a concern. Some varieties prefer full sun, though others are suited to the dappled shade of their native woodland habitat. Use as a backdrop or focal point in a mixed border, or as a stand-alone focal point in a lawn. Grow with compatible understory plants such as daffodils, sweet woodruff, hosta and ferns.

Height/Spread:

10 to 50 feet tall, 6 to 50 feet wide

Zones:

Plants to Try:

C. alternifolia (pagoda dogwood), C. controversa ‘Variegata’ (wedding cake tree), C. kousa (kousa dogwood), C. florida f. rubra (Eastern dogwood).

Chinese witch hazel. Photo by Janet Loughrey.

In the dead of winter when there is little life in the garden, the delicate ribbon-like flowers of witch hazel (Hamamelis) cheer up even the dreariest days. The graceful vase-shaped structure is just a bonus, with some varieties having additional attributes of fall color or fragrance. This deciduous tree or shrub needs virtually no care once established, with most suitable for small spaces. Grow as a stand-alone focal point, along a property border, or near your home’s entrance or sidewalk where the fragrance can be enjoyed up close. Smaller specimens can be grown in containers. Combine with other plants with winter interest such as hellebores, snowdrops, and heathers.

Height/Spread:

12 to 15 feet tall and wide

Zones:

Plants to Try:

H. xintermediário‘Jelena’, H. xintermediário ‘Aphrodite’, H. xintermediário ‘Diane’, Chinese witch hazel (H. mollis).


Assista o vídeo: 10 LINDAS PLANTAS de folhas vermelhas