Informações sobre ferrugem do pêssego: aprenda a tratar a ferrugem do pêssego no jardim

Informações sobre ferrugem do pêssego: aprenda a tratar a ferrugem do pêssego no jardim


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Por: Mary Ellen Ellis

O cultivo de pêssegos é uma delícia se você adora esta fruta saborosa, mas se você vir os sinais de ferrugem pode perder sua colheita. Essa doença é menos problemática em climas mais frios, mas se você está cultivando pêssegos em algum lugar como a Flórida ou a Califórnia, esteja ciente da ferrugem do pêssego, sua aparência e como tratá-la ou tratá-la.

Informações sobre ferrugem do pêssego

Se você está se perguntando o que causa a ferrugem do pêssego, é uma doença causada por um fungo, Tranzschelia discolor, que se espalha pelo ar por meio de esporos e depende da umidade para se espalhar, crescer e causar uma infecção. Condições úmidas e quentes tornam os pessegueiros mais suscetíveis à ferrugem, especialmente quando a água da chuva ou da irrigação permanece nas folhas por muito tempo.

O primeiro sinal de ferrugem do pêssego é a formação de cancros nos galhos na primavera. Eles ocorrem logo após as pétalas caírem e parecem bolhas, mas são pequenos e não são fáceis de detectar. Mais fáceis de ver são as lesões que se formam a seguir nas folhas. Eles são amarelos na parte superior das folhas e esporos marrom-avermelhados nas folhas inferiores.

Este último dá nome à doença, pois os esporos se assemelham à ferrugem. As lesões dos frutos são pequenas manchas marrons que se tornam verdes a amarelas à medida que os pêssegos amadurecem.

Prevenindo a ferrugem do pêssego

O melhor método de controle da ferrugem do pêssego é a prevenção. Mantenha as folhas secas evitando a irrigação aérea e espirrando água nos galhos e folhas, dando às árvores bastante espaço para o fluxo de ar e podando regularmente para o fluxo de ar entre os galhos.

Essas medidas são especialmente importantes em climas mais quentes e onde há muita chuva, assim como monitorar as árvores para detectar sinais de infecção o mais cedo possível.

Como tratar a ferrugem do pêssego

Tratar a ferrugem do pêssego significa usar fungicida para destruir o fungo e os esporos. Em algumas áreas, como climas mais frios e onde não chove muito, uma infecção leve pode não exigir tratamento. Não causará necessariamente muitos danos. No entanto, se o seu clima for quente e úmido, o tratamento precoce pode ajudar a prevenir uma infecção grave. Tratar a ferrugem do pêssego nem sempre é eficaz.

Para que os fungicidas ou tratamentos com enxofre para a jardinagem orgânica sejam eficazes, é necessário borrifar as árvores na primavera, antes que os sinais da doença apareçam nas folhas. No início da primavera, procure cânceres nos galhos e, se os vir, pode tentar eliminar a doença pela raiz pulverizando assim que as folhas surgirem.

Este artigo foi atualizado pela última vez em

Leia mais sobre árvores de pêssego


Doenças comuns de pessegueiros

Os pessegueiros são notoriamente suscetíveis a problemas de doenças, especialmente durante o tempo chuvoso e úmido. Eles também não têm vida longa e geralmente devem ser substituídos após 10 a 15 anos. No entanto, se você mora em um clima ameno adequado para o cultivo de pessegueiros, o sabor imbatível de um pêssego fresco os torna um trabalho extra. Abaixo, você encontrará informações sobre as doenças mais comuns dos pessegueiros. Na maioria dos casos, sua melhor defesa é um bom ataque, quando se trata de tratar doenças do pessegueiro. Compre pessegueiros adaptados à sua região e resistentes às doenças comuns ali. Plante-as a pleno sol, em solo ligeiramente arenoso e bem drenado. Poda-os anualmente para que a luz penetre na copa e o ar circule livremente. Finalmente, regue os pessegueiros regularmente, porque o estresse da seca os torna mais suscetíveis a problemas.


Variedades de Peachtree

Como acontece com qualquer árvore frutífera, é crucial escolher uma variedade que se adapte à sua zona e clima. Com os pêssegos, a escolha de um pêssego para sua área depende do número de horas de resfriamento que ele requer (explicado na seção ‘Cultivo de pêssegos’).

Escolher uma variedade de árvore resistente é fundamental se você estiver planejando plantar um pessegueiro em um local com invernos rigorosos, mas manter sua árvore viva também envolve selecionar a área certa para o plantio e evitar a exposição a mudanças rápidas de temperatura. Manter um pessegueiro vivo é mais difícil em zonas mais frias, mas é possível. Se você decidir experimentar, adquira ações resistentes de um viveiro de renome e pergunte se eles têm alguma dica de cultivo.

Categorias de pêssego

Os pêssegos vêm em várias categorias de pedras diferentes: pedra aderente, cantaria ou semi-cantaria. Esta designação se refere à relação entre a polpa e o caroço do fruto.

Clingstone: É mais difícil separar a carne do caroço desses tipos de pêssegos. Você deve comer pêssegos frescos.

Freestone: Com esses tipos de pêssegos, você pode remover facilmente o caroço da polpa. São ideais para cozinhar.

Semi-freestone: Este tipo de pêssego é um híbrido versátil com caroço fácil de remover. É excelente comido fresco e usado em receitas.

Cold Hardy Varieties

As variedades de pêssego adequadas para a zona 5 (e em alguns casos a zona 4) incluem:

  • Harmonia canadense - Esta variedade produz frutos grandes e amarelos com polpa de cantaria. A fruta, perfeita para congelar, amadurece de meados a final de agosto.
  • Glohaven - Glohaven produz frutas sem penugem amarelas e rosadas com polpa de pedra negra. Os frutos amadurecem no início a meados de agosto.
  • Reliance - Este tipo produz frutos dourados de tamanho médio em uma pequena árvore. As frutas ficam prontas em meados de julho.
  • Contendor - Contender é uma árvore resistente que produz frutos de médio a grande porte. É resistente a doenças e amadurece em meados de agosto.
  • Madison - Esta variedade tem polpa amarela intensa e casca vermelha brilhante. É resistente, um produtor vigoroso e pronto para colher no final de agosto.
  • Redhaven - A fruta do pêssego Redhaven é quase sem penugem e incrivelmente deliciosa. É resistente a doenças e pesado.

Pêssegos anões

Se você localizar a palavra 'compacto' na frente do nome de uma árvore frutífera, pode apostar que é do tipo anão.

  • El Dorado - Esta variedade é compacta, com frutos de tamanho médio que amadurecem no início do verão.
  • ASA vermelha - Redwing produz frutos com uma deliciosa polpa branca e casca amarelo-avermelhada.
  • Orange Cling - Como o nome indica, é um pêssego com casca vermelha e polpa dourada. Está pronto para a colheita do meio ao final do verão.
  • dia das Bruxas - Como o nome indica, essa variedade anã está pronta para a colheita no outono.
  • Redhaven - Como seu irmão maior, Redhaven é resistente em climas mais frios, além de ser compacto.

Variedades resistentes a doenças

Se você lutou contra doenças em seu jardim, pode considerar um pêssego resistente a doenças.

  • Clayton - Clayton é resistente tanto ao enrolamento da folha do pêssego quanto à mancha bacteriana.
  • Campeão - Champion é uma variedade de polpa branca intensamente doce. É resistente à mancha bacteriana da folha.
  • Contendor - Além de crescer em climas frios, esta variedade também é incrivelmente resistente e resistente a doenças.
  • Elberta - Elberta é uma variedade incrivelmente popular que vem em variedades padrão e anãs. É resistente a insetos e doenças.

Variedades ornamentais de pêssego

Os pessegueiros não produzem apenas frutos saborosos - eles também ficam bonitos quando estão em flor. Algumas variedades de pêssego são cultivadas por seu valor ornamental. Estas são árvores que são cultivadas principalmente por suas flores atraentes, e os frutos são comestíveis, mas não são tão saborosos.

As variedades incluem o pêssego Double Red Flowering, o pêssego Icicle e o pêssego com hortelã-pimenta.


Assista o vídeo: MOFOS E FUNGOS NO TRONCO O QUE FAZER