Projeto paisagístico de Graf

Projeto paisagístico de Graf



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Projeto paisagístico de Graf, que foi uma de suas obras marcantes, foi influenciada pelo trabalho de dois dos jardineiros mais importantes de seu tempo: Pierre Bonnard, de quem recebeu o Prix d'Honneur na primeira exposição do jardim em 1854, e Giuseppe Giusti, o jardineiro da Villa Borghese. Desse ponto em diante, Graf projetaria jardins com forte influência ítalo-francesa. Na década de 1880, o designer e arquiteto paisagista Louis Ducoudray (também conhecido como Ducoudray-Graf) colaborou com Graf em muitos dos grandes projetos, como os jardins do Palácio de Versalhes. Nessa época, Graf também criou jardins para o arquiteto francês Georges Petit (1844–1903). Ele morreu na cidade de Roma, onde está sepultado, aos 65 anos.

Seu trabalho mais famoso nos Estados Unidos é o projeto de 1884 do Rose Garden da Casa Branca, localizado na Avenida Pensilvânia, 1600, em Washington, DC, que agora serve como o jardim de rosas formal oficial da Casa Branca. O jardim foi projetado no estilo de jardim francês, ao invés do tradicional estilo inglês. Vários monumentos importantes foram realocados para dar lugar aos novos jardins. Na verdade, eles permanecem lá até hoje.

Jardins do Graf da Villa Borghese

Como diretor do jardim francês da Villa Borghese, no início da década de 1880, Graf criou um jardim ao longo do "Grande Canal". O jardim apresentava uma fonte, uma ilha, uma ponte e "uma série de cachoeiras e cascatas". No jardim, Graf criou um pequeno lago, "ornamentado com cisnes, patos e gansos selvagens". Este trabalho foi inspirado nos lagos do Giardino di Boboli. É significativo que a Villa Borghese tenha sido construída durante o mesmo período que o Giardino di Boboli, e os jardins da villa refletem os do Giardino di Boboli. A moradia e o jardim foram concebidos em harmonia para complementar a moradia e para criar a impressão de que o jardineiro estava presente. Esses jardins foram um grande sucesso.

Outros trabalhos

O projeto mais significativo de Graf foi a Villa Durazzo, ou "Villa Durazzo da família Giustiniani", um edifício em Milão, Itália. A villa foi construída entre 1880 e 1882, e o arquiteto foi Luigi Broggi. Este edifício, uma mistura de gótico e renascentista, ficou famoso pelas pinturas e decorações do amigo do arquiteto, o pintor Pietro Benvenuti.

Em 1889, Graf foi nomeado diretor do jardim da Villa Margherita Litta em Veneza, localizado no Lido. Nesta obra, ele criou o mais belo exemplo dos giardini antichi de Veneza. Ele também criou um laterale giardino da Villa Durazzo em Milão.

Suas outras obras famosas incluem a Villa Litta em Roma e a Villa Diodati em Lucca, Itália. Participou também da construção dos jardins do palácio do Palazzo Cuniberti, em Roma, e dos jardins do Teatro Marigny, em Livorno, Itália. O palácio de La Permanente em Milão, do arquiteto Giuseppe Sacconi, Graf trabalhou nos jardins entre 1881 e 1888.

Graf morreu em Milão em 14 de março de 1916.

Categoria: Arquitetos de Milão

Categoria: 1837 nascimentos

Categoria: 1916 mortes

Categoria: Pessoas de Lugano

Categoria: arquitetos italianos do século 19


Assista o vídeo: Aula 1 - Paisagismo 1